O racismo e a sua persistência #Youtube.

sexta-feira, dezembro 11, 2015

Olá pessoal!

O racismo persiste mas nós resistimos, todos os dias.

   

Postei esse vídeo no canal no youtube e eu gostaria mesmo que vocês refletissem sobre tudo que falei...


  • O racismo na infância traz muitas consequências, faz com que as meninas que tem o cabelo crespo e cacheado queira alisar, faz com que os meninos que tem o cabelo crespo queiram raspar, nunca entendi porque o loiro que tem o cabelo de corte "surfista" pode e os amiguinhos que tinham o cabelo crespo não podiam deixar crescer.
Em baixo a foto do cartaz que falei no vídeo, digo apenas uma coisa: Revolta.


  • O racismo faz com que 5 jovens negros sejam mortos com 111 tiros, sim leitores e leitoras, 111 tiros, não foi bala perdida ou acidente, foram 111 tiros.
 '' Ele era quase um bebê, e não vai poder nem me ver de beca. Não é por mim, em si, porque tudo que sempre fiz foi pelos meus filhos. Mas o Roberto já dizia pra todo mundo que o pai dele era advogado, tinha orgulho disso. Dá uma tristeza muito grande — desabafa Jorge, acrescentando: — Roubaram o meu garoto de mim.''


  • A atriz Sheron Menezes sofreu ataques de racismo na internet, mas mesmo após que os 5 adolescentes morrerem com 111 tiros teve uma pessoa na página da atriz Sheron Menezes alegando que ela criou os ataques para se promover.
Desprezíveis Racistas 
Não adianta entrar na minha página e escrever absurdos, xingamentos e agressões pois vão ter que engolir a mim e a tantas outras pessoas negras em nosso país! Já esperava por isso depois do que fizeram com minhas amigas e colegas, então quero lhes dizer que saiam da frente com sua inveja, pois estamos passando com o nosso cabelo maravilhoso, com a nossa linda cor, nossa beleza, nossa educação e nossa inteligência. Não adianta colocar uma máscara de macaco no meu rosto ou tentar me ofender porque isto não me atinge! Fui treinada desde criança, e sei o meu valor! Mas atinge milhões de pessoas no Brasil que sofrem essa discriminação todos os dias! E é por elas que resolvi me manifestar. Tomarei as providências cabíveis. Acho melhor tirarem as suas máscaras e se revelarem publicamente, pois se não o fizerem a Polícia Federal o fará. Um a um vocês vão atacando e um a um vocês vão sendo identificados. Racismo e intolerância mataram e continuam matando milhares de pessoas, e quem pratica esse crime deve ir para o seu lugar, a cadeia."


  • A maioria dos apoios são seletivos, um grande exemplo foi o que aconteceu com Thais Araújo, ví várias pessoas comentando sobre isso e postando tags como #somostodosthais , essas mesmas pessoas já vi praticando racismo até mesmo na internet, ou seja, o apoio seletivo só serve para celebridades.

#SOMOSTODOSDIFERENTES , respeite nossas diferenças.
  • Reconhecer os privilégios hoje já é um bom avanço, um grande passo para compreender que não somos todos iguais e hoje, os negros não tem muitos privilégios em relação ao restante da sociedade. 


Espero que vocês tenham gostado e se increvam no canal, beijos.



  • Share:

You Might Also Like

6 comentários

  1. Oi Ingrid !!
    Tudo que o racismo traz realmente são consequências para a sociedade !!
    Adorei o seu vídeo, faz com que reflitamos mesmo sobre o tema !!
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sensacional o seu vídeo, e sim nós somos todos diferentes, o que as pessoas precisam aprender é a conviver com respeito perante as diferenças, deveriam aceitar que cada diferença precisa ser assegurada socialmente de alguma forma. Não vejo cotas como uma coisa permanente, vejo cotas como algo que está ai para dá a oportunidade das pessoas entrarem nesse espaço, para tornar comum que elas pertençam a esse espaço, e não uma coisa de outro mundo, como por exemplo "ah, tem 1 negro na minha sala", sim tem 1 negro na sua sala, isso não é nada, no dia que tiver 20, 30, 40 negros na sua sala, ao seu redor, a gente começa a reavaliar a necessidade das cotas. No meu antigo curso, por exemplo, só tinha 1 negro na sala (curso de direito), e isso porque a família dele era de classe média alta e podia pagar a faculdade, mas mesmo assim, de 62 alunos só ele estava lá, isso é assustador, só não vem quem não quer. Eu sou reconhecida socialmente como branca, amarela ou parda, depende, mas eu sei que tenho privilégios, é notável, eu ao lado de uma pessoa negra com o seu black armado, sou preferida antes mesmo de chegarem a conferir nossas qualidades, e isso me deixa revoltada, pois de certa forma apesar de me preferir pela minha cor mais clarinha, o meu cabelo "controlado" não ta dando valor ao esforço que eu fiz para chegar até ali, muito menos ao esforço que a negra fez, ou seja, para ambos os lados, é um jogo que inferioriza as qualidades, a luta. Enfim, todas as pessoas tem que ocupar todos os lugares, não importa o gênero, a cor, orientação sexual, os espaços são nossos e de TODOS nós, quando todos entenderem isso, e se inserirem em todos os espaços, viveremos em um país melhor.
    Enfim, perdoe pelo comentário imenso, mas esse é um assunto que sempre rende, felizmente ou infelizmente.
    Parabéns pelo vídeo.
    http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz de ver que você pensa assim também! E, obrigada, beijos.

      Excluir
  3. Poxa Ingrid, amei o vídeo! Realmente as pessoas não se tocam que esses preconceitos/racismos machucam as pessoas. Eu não sou negra, mas minha mãe é, e uma vez ela estava andando comigo no colo e pararam ela e falaram:"Que bebê linda, cadê a mãe dela?" Cara isso é ridículo, só por que eu era galega e bem branquinha, puxei a meu pai, mas e dai que eu não parecia com ela? A mulher achou que minha era a babá só por causa disso. Quando eu comecei a ir pra escola tiravam onda com minha mãe só por que ela tinha o cabelo cacheado, e eu ficava muito triste. Imaginem ela?!
    As pessoas tem que se tocar que essas coisas machucam e machucam muito. Minha mãe já deu várias químicas no cabelo dela para deixar liso, e hoje ela se arrepende por que o cabelo dela era lindo, só as pessoas que não conseguiam ver isso.
    Parabéns pelo vídeo!
    www.abrilde97.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, tentamos até de várias maneiras nos mudarmos para poder adequar ao que as pessoas querem, e no final a gente ver que tudo o que as pessoas querem é nos "embranquecer", esconder o cabelo crespo, clarear a pele, cirurgia plástica para afilar o nariz... Beijo linda e obrigada.

      Excluir