Um milhão de reais não compra o amor da sua vida.

terça-feira, setembro 20, 2016

A intensidade da vida nos leva para lugares incríveis, da mesma forma que nos leva a solidão, não que eu não vá ser feliz sozinha, respeito quem decide ficar só, é até certeza que a felicidade esta em nós mesmos, mas ter alguém para compartilhar as conquistas e decepções talvez seja um pouco necessário.

Quantas vezes você já conheceu o amor da sua vida? Quantas vezes já conheceu o amor da sua vida na mesma pessoa? Se você o tem, não deixe ele bater a porta e ir embora, não deixa excluir das redes sociais, não deixa de perguntar como foi seu dia. Deixou ir embora? Pede desculpas, se rende ao orgulho, pede pra voltar, duas, cinco, vinte e sete vezes, grita no travesseiro, liga trinta vezes seguidas, manda mensagem, faz um post no facebook mas não deixa escapar de vez... 

A vida é muito curta para ficar com alguém por comodismo, alguém que você não é apaixonado, que não faz o coração bater mais forte, que o beijo não tem gostinho de café. A vida é muito curta para sonhar os sonhos com a pessoa errada, casar com a pessoa errada e viver o resto da sua vida pensando como seria se a escolha tivesse sido outra... Se tivesse voltado atrás, se tivesse dito o quanto ela estava linda naquela roupa, se não tivesse esquecido o beijo de boa noite ou o "nosso dia".

Daqueles dias quentes que íamos na praia só pra sentir o vento bater nos nossos rostos só ficou em mim o seu mais lindo sorriso, não aquele de agradecer, nem aquele de quando vence no jogo, mas sim o mais feliz, de quando faz dancinha. Eu tento colocar em palavras esses sentimentos e mostrar o vazio que irá ficar, mas essas coisas são apenas para serem sentidas. Sou difícil de aceitar as idas dessa vida mas tento tanto que as vezes, até esqueço, por uns segundos a pessoa que me conhece tão bem.

Bom, venho finalmente te dizer o meu adeus, com o coração apertado e mil memórias boas (as ruins insistem em nunca aparecer nessas horas), sem raiva, sem "tchau, beijo", esquecendo os "se" mas nunca o teu amor. 

Ingrid Rayssa 21/09 | 01:41h


  • Share:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Menina, que texto lindo!
    Eu senti o amor em cada palavra que li...

    ResponderExcluir
  2. Amei esse texto! Me identifiquei muito com a sua forma de dissertar, amei o jeito como você é profunda! Amei mergulhar nas suas palavras! Amei estar aqui com você e vendo seu sorriso ao escrever! Senti a sua emoção ao escrever, a mesma emoção em que eu escrevo no meu blog !

    ResponderExcluir